top of page

Feliz Dia do Amigurumi! Mas o que é amigurumi???

Hoje, dia 25 de abril, é o Dia Internacional do Amigurumi!!! Mas oi? Tem dia até para ami... (como é que chamam esses bichinhos?)


Sim, temos uma data comemorativa para ele! Esse dia foi criado em 2019 pela Marcia Scarpelli e pela Bia Moraes para comemorar essa técnica que traz tanto amor e carinho para quem faz e para quem os recebe!


Minha versão da Flora

Para comemorar esse dia, em 2020, a Bia criou a Flora "para representar a nossa criatividade, o nosso poder de materializar sonhos, desejos, trazer vida pros nossos ambientes."


E teve Floras de várias cores e características! Foi muito legal ver como cada artesã colocou seu jeitinho na sua Flora. A minha eu fiz substituindo os olhinhos por um recorte em feltro, troquei algumas cores e adicionei uma florzinha à jardineiraˆˆ.


Bom, mas você que não é do mundo das artes manuais deve estar se perguntando: afinal o que é um amigurumi?





Amigurumi, o que é (onde vive, do que se alimenta)?


Amigurumi (あみぐるみ) é o termo em japonês utilizado para definir pequenos brinquedos feitos de crochê ou tricô.



A palavra provavelmente nasceu da junção das palavras ami (編み), que tem vários significados, entre eles, tricô ou malha e nuigurumi (ぬいぐるみ) que significa “bicho de pelúcia”.


Por serem tecidos manualmente, os amigurumis são únicos, ou seja, você nunca conseguirá ter um exatamente igual ao outro (mesmo sendo feito pela mesma pessoa)!


Aqui na chouchou crochet não é diferente, os chouchous (como chamo os amigurumis que confecciono) são feitos pontinho a pontinho sempre buscando o melhor acabamento, contudo cada peça é única!


Certo, e como são feitos?


Os amigurumis são feitos utilizando fios e agulhas destinados a crochê ou tricô e enchimento para dar o formato, além de acessórios como os olhinhos de plástico, peças em feltro, entre outros.


Para tecê-los, é necessário seguir um padrão ou receita desenvolvida por uma designer de amigurumis (ou se souber os pontos básicos e a lógica do amigurumi, pode-se criar um também).


As receitas costumam ser disponibilizadas no formato de vídeo, arquivo digital ou livro físico contendo as recomendações de materiais e instruções. Quando no formato escrito, geralmente é acompanhada de fotos para auxiliar o entendimento. Não preciso nem falar que o meu formato preferido é o livro físico, né? =)


Amigurumis simples: chaveirinhos de coruja

Amigurumis mais simples levam no mínimo 30 minutos (como as corujinhas da foto) e os mais complexos podem levar muuuuuitas horas.


O mais demorado que fiz foi esse pastor alemão, em que levei cerca de 25 horas para finalizá-lo. =0



As etapas de confecção do ami consistem basicamente em crochetar, encher com fibra siliconada, costurar as partes e acrescentar os detalhes.


A parte de crochetar cada peça é o que mais gosto de fazer, mas quando se tem que unir as partes costurando e deixar tudo simétrico ou na posição certa, é o que menos gosto hahaha.


Fazer bonecos e bichinhos mais complexos é muito legal, mas diante do ponto que citei anteriormente, eu acabo não sendo muito produtiva e acabo me desgastando demais. Por isso, depois de muito estudar e me entender, decidi comercializar produtos mais simples e fazer amigurumis que já fiz anteriormente e que gostei muito de fazer, além de focar em artigos para quem curte leitura. Peças personalizadas por enquanto darei uma pausa.


Bom, acho que por hoje é isso (acho que escrevi demais). E aí, curtiu saber um pouquinho mais sobre esses seres fofinhos? Quer saber mais algo? Me conta!


Beijos,

Me

 

Referências:


JAPÃO EM FOCO. Japão em Foco, 2016. Amigurumi: Os bonequinhos de crochê do Japão. Disponível em: <https://www.japaoemfoco.com/amigurumi-os-bonequinhos-de-croche-do-japao>. Acesso em: 27 de fevereiro de 2020.


1.143 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page